Turbine o seu processo de Coaching

3 perguntas para turbinar o seu processo de Coaching

Em um encontro que tive com o Gerônimo Theml, meu coach e maior coach de produtividade do Brasil pedi a ele que desse uma sacada, uma técnica, pra você que é coach que está começando ou mesmo que já está avançado e ele disse o seguinte:

– Vou passar uma sacada de atendimento!

Minha grande habilidade é fazer um coach lotar a agenda pra viver de coach.

Se me perguntar no que eu sou bom, eu te respondo: Eu sou bom em fazer o cara lotar a agenda! Eu sou bom em fazer o cara viver de coach!

A gente tem uma lista de incontáveis coachs que saíram do zero; largaram os seus empregos, largaram emprego público, emprego de engenheiro pra viver de coach, então nisso é que eu sou bom!

Mas hoje, eu quero dar uma dica de atendimento!

Por que eu estou falando de dica de atendimento? Engraçado que a dica de atendimento tem total relação com lotar agenda. A gente tem ondas de clientes. A gente quando se forma coach, você quer mudar o mundo; só que o mundo não quer ser mudado por você!

Então você chega na segunda-feira e fala: “Vou mudar o mundo! Mundo quem quer ser mudado por mim? ” O mundo fala: “eu não! Eu fico quietinho, não sei quem é você o que é Coach! ” Então, normalmente a tua primeira onda de clientes que geralmente vem de clientes pro bono; clientes gratuitos, se você atender como profissional ela própria gera a sua segunda onda.

Hoje verdadeiramente, eu não preciso mais fazer nenhum tipo de propaganda porque as ondas que eu já gerei de clientes continuam gerando ondas de clientes. Um indica o outro, então naturalmente tudo já vai acontecendo!

É o seguinte; eu vou te dar três sacadas:

A primeira é a seguinte: eu vejo muitos coachs que estão começando a carreira, até coachs experientes aceitando que o coachee coloque como meta, como tarefas, como submetas, coisas abstratas.

Por exemplo: “Ah! Eu quero ser feliz! Eu quero ter mais alto controle! Eu quero melhorar o meu controle emocional”, e tudo isso é abstrato!

Como o cara vai saber se ele melhorou ou não o controle emocional!

O fato é o seguinte, todas as vezes que um coachee teu, virar para você e falar assim: “ah! Eu quero ter mais alto controle! ” A pergunta imediata tem que ser: “E pra você, o que é ter alto controle? ”; “Eu quero ser mais feliz! E pra você, o que é ser mais feliz? ”

Aí vem a segunda pergunta que é mágica: “Como que eu vou saber que você alcançou isso? O que que vai acontecer pra eu saber que aconteceu isso? ”

Então vou dar um exemplo: eu ensinei essa dica para um aluno do Profissão Coach e ele disse assim: “Gerônimo, aconteceu essa semana comigo! A pessoa falou pra mim: “Eu quero ter mais alto controle, eu quero ter mais independência! ”

Ele perguntou para ela: “Certo! E o que vai provar pra você? ”

“Eu vou tomar uma decisão independente da minha mãe! ”

Sabe, o que aconteceu?

Na oitava sessão, a coachee disse para ele: “Cara, alcancei o resultado! Montei um armário na minha casa, sem ter que pedir autorização pra minha mãe! ”

Onde eu quero chegar com isso! “Ah! Mas isso não é relevante! Não importa! ” O ponto é, seja concreto e específico!

Na verdade, são duas sacadas. O que é pra você alto controle, autoestima e como eu vou saber que você alcançou isso?

Faz um resultado concreto pra você saber que alcançou isso!

E a terceira dica é o seguinte: essa dica é uma pergunta que vale ouro!

Pra mim é uma das melhores perguntas de coach que existe! É chegar no final da sessão e falar para a pessoa assim: “Qual foi a pergunta que eu deveria ter feito hoje que eu não fiz? ”

Por que que isso vale ouro? Isso vale ouro porque as vezes o coachee tá doido pra te falar alguma coisa e não pode falar porque você não perguntou!

Então quando ele vira e fala: “Pô cara você devia ter me perguntado como eu tô me sentindo! ”, ou ele vai falar que você perguntou tudo que ele queria!

Essas duas formas já vão te levar para um próximo nível. Então, se você está começando, já vai atender mais como um Profissional a primeira onda pra que essa primeira onda gere as próximas ondas.

Claro, que isso é um ponto…não é só isso que vai fazer um coach com a agenda lotada e viver de coach, esse é um dos pontos! Mas é um ponto fundamental.

Então, essas são as dicas de hoje do Gerônimo Themel, que tem dois momentos no ano em que abre um treinamento gratuito chamado: “Os quatro ciclos do Coach de sucesso. ”

Pode ser que nesse exato momento o treinamento ainda esteja disponível, ou pode ser que não!

Acesse agora e se tiver aberto você vai ter a opção de se inscrever e fazer o treinamento gratuito onde ele ensina a estrutura lógica pra você sair do zero, ganhar confiança, lotar a agenda pra passar a viver de coach. São quatro ciclos, é bem legal!

Também são abertas algumas vagas para o Programa Profissão Coach, que é um treinamento mais profundo, com o Gerônimo. É um outro treinamento!

É isso aí, obrigado e valeu pessoal!

André Sampaio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.