Estabelecer Metas – O Risco Oculto de Estabelecê-las

O Risco Oculto de Estabelecer Metas

Eu vou contar pra você, qual o risco oculto de se estabelecer metas, parece um contrassenso porque todo mundo fala que você tem que estabelecer metas porque sem metas você não vai pra lugar nenhum.

Ah! Todo caminho serve quando você não sabe pra onde ir, e é verdade mesmo! Você tem que estabelecer metas.

Mas tem uma grande pegadinha, tem um risco de se estabelecer metas. É que toda vez que você estabelece uma meta, você estabelece junto com a meta um limite. Pra sua cabeça, pro seu mapa de realidade aquilo passa a ser um limite.

Você pode ver que se você estabelecer uma meta de sei lá…uma meta qualquer, muito dificilmente vai conseguir superar essa meta. Então se você estabelece uma meta de por exemplo, correr uma maratona em cinco horas, você não vai conseguir correr essa maratona! Talvez, quatro horas e cinquenta e cinco…provavelmente vai ficar próximo dessa meta.

Obviamente você tem que estabelecer as metas e essas metas não são estáticas. A medida que for melhorando, vai estabelecendo metas maiores, mas vou te dar um recurso valioso! Não fique preso nesses limites da meta porque os limites são um problema de mapa, mapa restrito. Se a gente estabelece uma meta pobre, significa que você tem um mapa pobre.

Na realidade, a gente tem todos os recursos disponíveis dentro da gente pra fazer coisas extraordinárias, então o que você pode fazer com a tua meta pra não correr esse risco de ficar limitado.

Você vai estabelecer três metas, então, aquela meta que você acha que é possível, coloque sempre um pouquinho acima, exija um pouco mais de você. Aí você estabelece uma meta bem maior, não tão maior, que seja absurda. Quanto você estabelece essa meta mais alta a tua mente tem que visualizar isso, pelo menos enxergar alguma possibilidade de chegar nela.

E então, você estabelece uma meta mais baixa que é uma meta no mínimo razoável. Se você não bater essa meta baixa, você não vai ficar triste porque pelo menos bateu a sua meta ideal.

Lembrando que, são três metas:

– Uma meta ideal, um pouquinho acima daquilo que você acha possível.

– Uma meta do sonho, que é pra você começar a se acostumar com a ideia de que é possível muito mais do que aquilo.

– Uma meta do mínimo razoável, que seja um pouco acima daquilo que você já fez. Quando você estabelecer essa meta novamente, obviamente vai ser um pouco mais alta e vai estar sempre crescendo.

 

É isso aí, espero que tenha gostado e se você gosta de ferramentas de PNL (Programação Neurolinguística) aqui em baixo tem um link pra você se inscrever no Webinário e principalmente você que é Coach essa aula é pra você, você vai entender como que a PNL se encaixa perfeitamente no processo de Coach e como um Coach que usa as técnicas de PNL é muito mais eficaz e entrega resultados mais rápidos:

www.ferramentasdepnl.com.br

Se gostou do conteúdo, compartilha, deixa um comentário!

Você também pode se inscrever no meu canal do Youtube (www.youtube.com/superandoseuslimites).

E inscreva-se na minha LISTA VIP pra você receber os meus conteúdos.

Obrigado, e até a próxima!

André Sampaio

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.