Força de Vontade – Como aumentar consideravelmente

Como aumentar consideravelmente sua força de vontade

Hoje quero responder uma pergunta que recebo muito: “André, como eu posso ter mais força de vontade, como posso aumentar minha força de vontade, pra fazer as coisas que eu tenho e preciso fazer? ”

Bom, eu tenho aqui que começar falando, esclarecendo um fato sobre força de vontade.

Força de vontade é limitada, força de vontade a gente acorda com isso. Ao longo do dia a gente vai queimando esse estoque. Se você quiser realmente realizar alguma coisa, se está comprometido em desenvolver um trabalho consistente, você não pode ou não deveria se basear tanto na força de vontade porque a força de vontade realmente acaba.

Então por exemplo: quando você acorda de manhã você está com a força de vontade a mil, está com o estoque 100% de força de vontade. A primeira estressada que você tem no trânsito já abaixa a tua força de vontade porque você já gastou um pouquinho pra se segurar e não brigar no trânsito.

Alguém te fala alguma coisa errada, você se segura, engole um sapo e gasta mais um pouquinho de força de vontade ou então vai pra Academia e não quer ir, você vai porque tem que ir, aí gasta mais um pouquinho.

Chega no final do dia você não tem mais força de vontade nenhuma.

A gente sabe que o que realmente vai fazer a diferença, vai fazer você chegar lá no extraordinário, exige mais, exige aquele passo extra. Então, não dependa de força de vontade porque ela acaba e tem o estoque muito curto.

Pô mais então como eu faço pra fazer, pra realizar? Você tem que depender do teu porque, da tua razão, do teu propósito, você tem que descobrir?

Aqui eu te pergunto: “Por que você quer fazer isso? Seja lá o que você quer fazer, por que você quer fazer isso? ”

Qual é a importância que isso tem na sua vida? E aí a gente faz um exercício, uma técnica de Programação Neurolinguística que é a busca do valor central. Eu chamo a técnica do Por Que que eu aprendi com Michael Hall que é:

“Por que isso é importante pra você? ”

Ah! Eu preciso emagrecer, eu tenho que ir pra academia todo dia!

Bacana, por que isso é importante pra você? O que você ganha com isso? Você pergunta e vai ter uma resposta.

Ah! Eu vou me sentir melhor!

Então, vai fazendo essa pergunta diversas vezes e cada resposta que você dá, pega essa resposta e fala, mas por que que isso é importante pra você? Vai começar a buscar o real valor que está por trás desse objetivo e quando você chegar nesse real valor, não vai precisar mais de força de vontade. Eu aposto que você não precisa de força de vontade pra Trabalhar, pra por comida em casa. Eu aposto que você não precisa de força de vontade pra cuidar do teu filho, pra proteger a tua família.

Se isso é um valor pra você muito importante, pra mim pelo menos é! Você vai fazer o que tiver que ser feito! Não tem essa de…. Ah! Eu tô cansado! Não tem, vai faltar comida em casa! E pra comer, você precisa de força de vontade?

É instinto de sobrevivência, você vai e faz! Tira energia de onde você nem sabe que tem! Porque aquela coisa que você quer fazer tá ligado a um propósito maior.

Você precisa de força de vontade quando você…tem que! Que coisa chata! Você não tem que nada!

Se você ligar qualquer coisa que queira fazer a um valor central, um valor maior, descobrindo porque isso é importante pra mim e vai buscando o valor cada vez mais profundo, você vai chegar nisso e não precisa mais de força de vontade.

Vai fazer as coisas que tem que ser feitas, que vão fazer a diferença pra você realmente realizar o teu objetivo e sem precisar ficar se arrastando.

É isso aí, essa é a dica de hoje, valeu!

André Sampaio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.