Uma pergunta que pode evitar discussões e salvar relacionamentos

Uma pergunta que pode evitar discussões e salvar relacionamentos 

Hoje eu quero compartilhar com você uma dica, na verdade, uma sacada, uma pergunta que eu faço sempre que me livra muitas vezes de muitas brigas, desgaste no relacionamento, qualquer relacionamento e consegue me dar resultados muito melhor nas interações com as pessoas e que também conseguiu me fazer economizar dezoito mil reais, eu vou te explicar. Como eu economizei dezoito mil reais, você vai entender como essa pergunta é importante, presta atenção!

Há um tempo atrás, minha esposa teve que sair da Empresa onde ela trabalhava, ela sempre trabalhou em Empresas Multinacionais e ela teve que largar a carreira corporativa por questões pessoais, enfim…e quando ela saiu ela falou eu não quero ficar sem trabalhar, eu quero fazer alguma coisa! Então a gente resolveu pegar o dinheiro da Rescisão, do FGTS e investir num negócio de quiosque no Shopping Center, que ótimo! Vamos fazer todo o planejamento! Fomos até lá e fizemos um planejamento baseado naquilo que o Shopping deu e que e a gerente passou pra gente referente a números, que seria a previsão do Faturamento do Quiosque e dentro daquela previsão, o negócio seria muito bom e viável economicamente.

Aconteceu que a abertura do Quiosque, o primeiro mês foi um horror, o segundo mês péssimo e o terceiro mês pior ainda, pra você ter uma ideia o Faturamento do Quiosque foi um terço daquilo que era projetado, então sentamos e dissemos, nem que a coisa cresça 100% ainda que melhore muito não vai ser viável economicamente, vamos ter prejuízo…até quando? Melhor fechamos o negócio porque é uma torneira aberta com dinheiro escorrendo pelo ralo! Vamos encerrar isso o quanto antes!

Obviamente existe um contrato com prazo determinado e houve um stress até porque perdemos dinheiro e se torna uma frustação, é um sonho que vai pelo ralo, enfim…minha esposa até se estressou com a Gerente do Shopping que fez a comercialização do Ponto, ela ficou muito chateada porque a Gerente dizia que não iria poder rescindir o Contrato porque teria uma multa, estava num pé de briga, então eu fiz a pergunta que me rendeu dezoito mil reais!

Mas, qual o objetivo dessa briga? A gente discutindo querendo provar que ela está errada, que estamos certos! Qual o objetivo, porque que a gente tá fazendo isso? Essa é a pergunta! Bom, o objetivo é rescindir o Contrato e tentar negociar pra não gerar mais um aluguel, mais um mês e não gerar Passivo Trabalhista, enfim, rescindir o quanto antes e também negociar a multa que era de dezoito mil reais, então ótimo… foi isso que eu fiz! Já que o meu objetivo é esse; pra não brigar eu tive que usar PNL (Programação Neuro Linguística) existe um pressuposto da PNL que fala que por trás de todo comportamento existe uma intenção positiva.

Eu tive que usar isso, eu sei que por trás do comportamento da pessoa que representa o Shopping existe uma intenção positiva, então eu tive que respeitar o Mapa dela que é diferente do meu, a forma que ela enxerga a realidade é diferente da forma que eu enxergo! Tive que respeitar isso, honrar e falar bom, eu entendo seu lado, entendo seu ponto esqueci toda briga e disse pra ela que meu objetivo não era brigar apenas tentar resolver!

Disse pra ela: Entendo seu Mapa, respeito seu Mapa e o meu é diferente do seu! Então eu preciso de ajuda! Eu estou com esse problema, meu Mapa é assim…e eu preciso resolver esse problema, você me ajuda? Foi isso que eu fiz e resolvemos uma semana depois estava desmontando o Quiosque, conseguimos desmontar antes do final do mês pra não gerar um novo aluguel e no final das contas ela ainda perdoou a dívida da Rescisão que seria dezoito mil reais.

Veja só, estou contando essa história porque foi uma pergunta que eu fiz, qual é o nosso objetivo aqui? Eu podia ter ido lá e brigar e entrar com ação judicial e mostrar poder e querer apontar o dedo, e quando a gente aponta dedo que é natural do ser humano porque a gente nunca reconhece que pode estar errado, e quando a gente aponta o dedo pra alguém lembra que um dedo aponta tem mais três dedos apontados pra você! Só lembra disso quando você apontar o dedo talvez você não esteja certo!

A questão é, qual é o seu objetivo? Isso é só um exemplo de um relacionamento comercial, de negócio, mas eu uso essa pergunta também quando eu estou discutindo com alguém que eu gosto ou mesmo com a minha esposa, eu acho que todo relacionamento saudável tem alguma discussão, a gente não se entende porque obviamente todo mundo tem um Mapa diferente e ás vezes entra em conflito, eu sempre paro no meio da discussão não que eu seja zen, eu me altero também…e quando eu estou alterado eu paro e pergunto, qual o meu objetivo aqui? Pergunto pra ela também qual é o seu objetivo com essa discussão? Qual é o seu objetivo? O que você quer com isso?

Muitas vezes a gente entra numa briga, numa discussão e nem sabe porquê! O real motivo da gente estar exaltado, nervoso discutindo tão energicamente, não está claro pra gente! Se você ficar essa pergunta você vai buscar dentro de você qual é o meu objetivo, muitas vezes você quer na verdade é se conectar com a pessoa e não brigar, você quer falar assim: olha eu gostaria de ser ouvido, eu gostaria de ser percebido, eu gostaria de ser compreendido e você não está me compreendendo e aí começa a briga, então quando você lê pensa nisso, qual é o meu objetivo?

Primeiro vai evitar muita briga, vai clarear o que você quer e se de repente o seu objetivo for mesmo brigar, ótimo…briga! Continua brigando, tem gente que gosta de discutir pela discussão. Eu tenho um amigo que antes de entrar numa discussão ele fala com a sua posição? Só pra ele pegar a outra e ficar discutindo! Então não interessa, ele quer discussão, o objetivo dele é discutir! Então, Ok também, mas se o seu objetivo não é discutir pergunta isso e comunica pra outra pessoa, o meu objetivo aqui é esse! Não é brigar, não é discutir, não é provar que eu estou certo, meu objetivo aqui é de repente mostrar meu Mapa…eu quero que o meu Mapa seja compreendido. Eu quero que você entenda meu ponto da realidade, mas pra isso você tem que respeitar e honrar o Mapa da outra pessoa. Fica mais fácil se você compreender que por trás de todo comportamento existe uma intenção positiva pelo menos do ponto de vista de quem pratica.

Bom, a dica de hoje é essa, se você gostou desse vídeo espero que te ajude! Se você gostou desse vídeo, clica em curtir e se você acha que pode ajudar alguém pode contribuir pra alguém, compartilha, deixa seu comentário aqui em baixo, se tiver alguma pergunta, alguma dúvida, alguma sugestão de assunto que você queira abordar deixa no comentário e manda um e-mail!

Para mais sacadas de PNL acesse:

http://bit.ly/ssl-vip

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.