“Nenhum problema pode ser resolvido no mesmo nível em que foi criado”

Como Resolver Conflitos 

  Vamos falar aqui de pessoas, duas pessoas em conflito e como resolver isso de uma maneira muito simples.

O que é um conflito?

Quando uma pessoa quer uma coisa e outra pessoa quer uma coisa diferente, elas discutem, brigam, têm ideias diferentes, crenças diferentes, valores diferentes, cada uma quer ir para um lado, assim, elas estão em conflito.

E como resolver o conflito?

Einstein disse que: “Nenhum problema pode ser resolvido no mesmo nível em que foi criado”.

Existe um nível em que o conflito está acontecendo e é preciso elevar esse nível. A gente precisa entender a intenção positiva que cada pessoa busca.

Uma pessoa quer fazer “X”. Por que ela quer fazer “X”, o que ela está querendo buscar por trás do “X”?. Então você eleva o nível, qual o valor que está por trás do “X”, qual o bem que a pessoa quer?

Um pressuposto da PNL: “Todo comportamento tem uma intenção positiva”. Ainda que seja uma intenção positiva de se beneficiar, uma forma egoísta, mas existe uma intenção positiva.

Então, é buscar deste comportamento que está em conflito, o que a pessoa quer, qual a intenção positiva, qual o valor maior e aí você vai subindo. E você faz a mesma coisa na outra pessoa. E você vai subindo o nível da discussão até o ponto em que os dois vão conversar de intenção pra intenção. Você sobe o nível até que em algum momento, é possível, as duas pessoas quererem a mesma coisa.

Vamos imaginar uma situação de duas pessoas brigando por causa de futebol: “meu time é melhor que o seu… não o meu que é melhor…!!”, mas qual o objetivo da discussão? Se for buscar o valor: “Ah, eu gosto de me divertir, fazer parte de uma comunidade, de um time, de um movimento…”, e você?: “E u também! ”. Então os dois tem a mesma intenção positiva, os dois querem se divertir, etc. Então os dois concordam em alguma coisa.

E você percebe que apesar das posturas, das posições serem diferentes, comportamentos serem diferentes, ideias diferentes, em um nível maior, os valores são similares. Quando você sobe o nível, tudo isso se equivale, há o entendimento.

Mas, analisando a discussão no nível em que se encontra, quais recursos únicos que a pessoa “A” tem que a pessoa “B” não tem? Então você faz uma segmentação pra baixo, desce um degrau no nível: “Ah, essa pessoa tem uma habilidade única, que serviria muito bem pra pessoa “B”, que não tem! ”, e ao mesmo tempo o de “B” para “A”.

“Poxa, eu gostaria de ter o teu recurso, gostaria de ter essa habilidade que eu não tenho. E você gostaria de ter o que eu tenho e você não tem… que tal se a gente compartilhar nossos recursos? ”, é um ponto onde também começa a ter uma resolução de conflito.

A forma de você resolver um conflito, seja ele interno ou entre pessoas, você com outra pessoa ou que você esteja mediando esse conflito, você pode usar essa técnica.

Espero que isso te ajude muito, tenho certeza que se você aplicar, isso vai te ajudar.

Me conta como foi, assim que você aplicar, aqui nos comentários ou manda um e-mail dizendo como isso te ajudou.

Se você gostou desse conteúdo, comenta, compartilha!

Ah, inscreva-se também em meu Canal do Youtube!

Até a próxima, valeu!

André Sampaio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.