Atitude de Vencedor

Atitude de Vencedor 

 Eu pergunto aos grandes especialistas: “Qual a diferença que faz a diferença?; O que faz uma pessoa ser bem-sucedida e a outra não, apesar de viverem no mesmo ambiente, nascerem na mesma família, estarem no mesmo contexto; O que faz uma pessoa ter resultados bons e outras pessoas não tão bons assim, resultados que deixam a desejar? ”

A maioria dos grandes especialistas em comportamento humano, em modelagem, da Programação Neurolinguística, dizem que é a atitude.

E o que é atitude? Atitude é algo muito abstrato. E qual a atitude de um campeão?

Primeiro, atitude é nada mais nada menos, do que os comportamentos, as reações que você tem, de acordo com suas crenças e valores. Conforme o conjunto de crenças e valores que você tem na sua vida, você age e reage às situações de uma determinada forma, isso é atitude.

Recebi essa sacada do meu mentor e ele fala sobre um livro, que não foi traduzido para o português: “THE ART OF LEARNING – AN INNER JOURNEY TO OPTIMAL PERFORMANCE”, que fala de um enxadrista, um campeão de xadrez, chamado Josh Waitzkin.

Quando criança, já era campeão de xadrez e o que torna ele mais especial, do que qualquer campeão de xadrez é que ele também conseguiu se tornar campeão em artes marciais. Como ele fez isso, de campeão de xadrez a campeão de artes marciais?

No livro, ele diz que a atitude que ele tinha em relação ao esporte, à vida dele, aos desafios é que ele investia em… derrotas! Como assim?!

Normalmente quando as pessoas ganham, se sentem bem, atingiram o patamar mais alto. Mas o sucesso também é uma armadilha, uma pegadinha: “Cheguei no topo, atingi o sucesso, não tem mais pra onde crescer”, é onde você para de crescer. Muita gente acredita que chegou no topo acabou, parou por aí. Crença: “Cheguei no topo, não tem mais pra onde crescer” ou um valor de afastamento: “Se eu for para um outro nível, se eu tentar entrar em um outro jogo, outra categoria, não serei tão bom assim…quero evitar minha frustração, a derrota. Quero me manter no topo, com sucesso, no conforto ”, são valores e crenças.

E tem aqueles que não atingem o topo mas preferem ficar na zona de conforto, onde não há esse risco de se expor ao ridículo, a uma derrota, frustração. E o Josh Waitzkin não.

Ele fazia exatamente o oposto. Quando ele chegava no topo ele já procurava o nível superior, onde eu poderia ir pra aprender mais. E se colocava em categorias superiores à habilidade dele. Ele estava no topo na habilidade “X”, ele ia pra superior onde ele sabia que, necessariamente iria apanhar, porque os competidores dele estavam em um nível mais alto d que ele. E foi assim que ele conseguiu se tornar campeão, investindo em derrotas, investindo em perder.

Mas foi nas derrotas que ele aprendia, desenvolvia musculatura, buscava aprender a técnica que o adversário tinha que o venceu. E quando chegava no topo novamente, ele investia em novas derrotas.

Isso é atitude de vencedor. De quem não está preocupado em ficar na zona de conforto, com medinho de se frustrar, do fracasso. O campeão acredita que é através do fracasso que ele pode aprender, crescer e vencer.

Isso é uma crença: “é perdendo que eu ganho”. E como eu poderia modelar o Josh? Além dessa crença, um valor pode ser o valor no “Crescimento”. Ele não está preocupado em ganhar, no imediatismo. Está preocupado em crescer, em se desenvolver, desenvolver novas habilidades. Esse é um valor de aproximação pra ele e a consequência é vencer. Isso é atitude de vencedor, de um campeão.

E não serve somente para o xadrez ou artes marciais, isso serve pra vida. Se a gente aprender a investir em derrotas, se jogar nas experiências e: “dane-se, eu sei que vou perder, mas eu sei que vou aprender muito com isso”, aí sim você começa a ter atitude de vencedor e por consequência o resultado vai ser o sucesso, o atingimento das metas que você quer na vida.

Se você gostou desse conteúdo, comenta, compartilha!

Isso me motiva a trazer mais pra você!

Ah, inscreva-se também em meu Canal do Youtube!

Até a próxima, valeu!

André Sampaio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.