5 ferramentas práticas de PNL para usar já

Ferramentas de PNL

Existem muitas ferramentas de PNL, práticas, que podem ser utilizadas no dia a dia, usar esses recursos que ajudam a mente funcionar mais corretamente, pode ser uma maneira poderosa de melhorar relacionamentos e ser mais produtivo no trabalho ou estudos.

Como usar PNL no dia a dia

Veja 5 ferramentas de PNL que podem ser usadas a partir de agora.

1 – Círculo de excelência

Essa técnica permite reviver boas sensações de momentos do nosso passado. Resgate com o pensamento um momento de sua vida onde sentiu confiança extrema em si mesmo. Relembre o momento com detalhes para absorver o máximo do sentimento novamente. Imagine ao seu redor, no chão, um círculo e, quando estiver sentindo-se confiante como no passado, preencha-o com uma cor ou sons de sua preferência, quando sentir que está na maior potência do sentimento de confiança, saia do círculo e corte sua lembrança. Entre no círculo de novo e repare se consegue sentir-se confiante como anteriormente. Se conseguir sentir é porque estabeleceu uma âncora para o sentimento, se não conseguir refaça o exercício desde o início até conseguir ter esse resultado.

2 – Swish

Utilizando essa prática conseguirá mudar um pensamento ou atitude nocivo trocando-o por outros mais benéficos. A ideia é escolher imagens ou sentimentos bons para “trocar” por sentimentos e imagens ruins que causam desconforto. Assim que sentir-se desconfortável com algum pensamento, troque-o rapidamente por um outro que lhe seja agradável. Vá misturando as imagens “boa” e “ruim” até que a desagradável desapareça completamente. Quando a imagem nociva desaparecer imagine um assobio (swish) para firmar em sua mente a mudança do ruim para o bom.

3 – Fogging

Literalmente, uma prática para “embaçar” (fogging = enevoamento) situações permitindo focar em soluções mais eficazes. Muito usada em momentos de conflito quando existem divergências de pensamentos e ideias. Para usar a técnica apenas saia do assunto em questão sem grosseria, pergunto ao interlocutor: “O que acredita que poderia ser feito para melhorar a situação ?”. Essa pergunta quebrará o foco de tensão e fará com que os envolvidos consigam achar uma solução mais satisfatória para o assunto em questão.

4 – Mudando o foco para sair da depressão

Quando sentir desânimo ou sintomas de depressão, experimente sentar-se corretamente praticando uma respiração profunda que encha o diafragma. Impulsione seus ombros para trás e, olhando para cima, dê um sorriso, por menor que seja. Faça movimentos aleatórios com seu corpo e repare que isso tira o foco do sentimento de desânimo. Movimentar-se envia uma mensagem de “ anime-se” ao cérebro que promoverá o bem estar desejado.

5 – Metáforas

Essa aplicação é muito utilizada para a cura de doenças crônicas e basicamente, a pessoa tenta explicar as dores e desconforto que sente comparando com coisas e situações que podem ser até mesmo muito estranhas. Comparar uma dor de cabeça forte com uma “perfuração para colocar um parafuso” fará com que a for diminua ou desapareça quando imaginar que o parafuso já foi colocado.

O estudo da PNL promove auto-conhecimento, através de técnicas simples que podem ser aplicadas a qualquer momento do dia a dia.

2 Comentários


  1. André, você é fantástico e mostra todo seu desejo e esforço, sem medir sacrifício de tua parte para esclarecer e esclarecer à aqueles que têm dúvidas nas tuas aulas. És um verdadeiro profissional desprovido do materialismo, admiro muito teu jeito de ser.
    Orgulho-me de ter escolhido estas ferramentas para estudo bem mais em ter você como instrutor.
    Abraços.

    Responder

  2. Show de bola André! Darei mais atenção para utilizar essas ferramentas.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.